PROJETO SELECIONADO 2020

DATYSOC:
na direção de uma agenda integral de direitos digitais no Uruguai

DO QUE SE TRATA

O projeto fortalecerá a agenda de direitos digitais no Uruguai por meio da incidência na regulamentação de direitos autorais e em políticas de responsabilidade dos intermediários da internet.

OBJETIVO

Produção de conhecimento e promoção de espaços de articulação entre atores privados e públicos de forma a contribuir para a incidência de questões regulatórias relacionadas aos direitos autorais e responsabilidade dos intermediários na rede.

CONTEXTO

O Uruguai tem uma das maiores taxas de acesso e digitalização da região, porém esse avanço contrasta com um atraso legislativo e com a falta de diálogo público sobre vários temas que são essenciais para a proteção e exercício dos direitos digitais.

Existe uma lacuna jurídica ou no mínimo um anacronismo importante no que tange a temática da responsabilidade dos intermediários, assim como nas exceções da lei de direitos autorais. Os temas referentes à responsabilidade dos intermediários estão presentes na agenda legislativa. Porém, essas discussões parlamentares ocorrem com pouca participação cidadã e já surgiram propostas de regulamentação concisa que deixam muito espaço para interpretação.

Falta de formação e discussão pública sobre temas essenciais à proteção dos direitos digitais.

Alguns dos resultados esperados do projeto que irão beneficiar os cidadãos:

– Criação e publicação de materiais científicos vinculados a temas de direitos autorais e responsabilidade dos intermediários na rede.
– Divulgação de materiais e produtos para gerar diálogos públicos sobre os temas nos quais se busca incidir.
– Criação de espaços de diálogo com diversos atores inclusive com a presença de representantes de órgãos públicos para criar alinhamento para a legislação nos temas da proposta.
– Incidência nos níveis legislativo e de políticas públicas nos temas da proposta.

Relatório
Notícias sobre o projeto
SPANISH
20 de abril 2021

Las autoridades no están preparadas para manejar un padrón de telefonía.

Vía Expansión México (@ExpansionMx).
 
SPANISH
30 de septiembre 2021

Por qué en Uruguay está prohibido fotografiar edificios y monumentos públicos.

Vía Infobae (@infobae).
 
Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google